Impressão 3D ajuda start-up produzir joias altamente personalizadas

A empresa Vowsmith baseia seu negócio de anéis altamente personalizados nas capacidades avançadas da linha Projet MJP da 3D Systems.

Confeccionar joias não foi a primeira coisa que Charles-Olivier Roy pensou quando decidiu construir um negócio de alta personalização baseado em impressão 3D.
Ele percebeu que se fosse criar o que ele chama de “um negócio de personalização em massa”, ele precisaria criar um produto Premium que explorasse a mais alta emoção.

“Eu não sabia nada sobre joias, mas eu entendi rapidamente que esse seria um espaço perfeito para mim” diz Roy, um desenhista industrial que anteriormente fundou a Artisans du Passage, uma companhia que mescla arte com tecnologias digitais 3D.

“A maioria das joias é comprada para expressar uma emoção, e isso agrega um preço alto. E, se há um lugar apto para uma revolução, este é o do joalheiro. Fundição por cera perdida é uma das tecnologias mais antigas na metalurgia, não mudou muito desde o Egito antigo”.

O resultado da filosofia de Roy juntamente com a experiência técnica e planejamento intenso é a Vowsmith, fundada em setembro de 2014. Vowsmith é um negócio digital que possibilita que casais comprem alianças diretamente de um site de comércio virtual e as customize com as digitais do seu amado.

A chave em fazer Vowsmith rentável é a Impressora da 3D Systems da Linha Projet MJP, uma máquina que, de acordo com Roy, ”proporciona o mais alto nível de detalhes e grande produtividade utilizando uma verdadeira cera de parafina, que é ideal para fundição de anéis”.

Fornecendo liberdade de escolha

O processo de produção da Vowsmith começa com um customatizador online que permite aos clientes vowsmith_renderescolher seus anéis de acordo com tamanho, forma, tipo de metal, uma opção de diamante e gravação. Um kit é enviado ao cliente para capturar as digitais em tinta. O cliente tira uma foto das impressões em tinta e manda para o site da Vowsmith.

A impressão digital é digitalizada e importada juntamente com o anel personalizado a um programa especial de desenho CAD. Um arquivo de alta qualidade em STL é gerado em segundos e enviado à Impressora da linha Projet MJP da 3D Systems.

“Nós fornecemos controle total ao nosso cliente para que ele possa ditar o desenho, escolher o metal e diamantes, e criar algo único que caiba em seu bolso’ diz Roy. “Toda a modelação 3D é automatizada: desde a escolha feita online pelo cliente até a geração do arquivo STL de alta resolução para produção”.

Além da prototipagem para produção

Durante a última década, a impressão 3D se tornou comum na indústria das joias. Mas tipicamente é usada para prototipagem de um molde para produção em massa por métodos tradicionais. Vowsmith coloca impressão 3D no centro de sua produção.

“A Linha Projet MJP é a peça chave em nosso processo de produção”, diz Roy. “Primeiro, é uma verdadeira impressora em cera. Isso significa que não existe possibilidade de falha no processo de fundição devido a cinzas ou a um molde com rachadura devido à expansão térmica. A cera é consumida completamente a baixa temperatura e em menos tempo que sistemas baseados em resina, logo economizamos energia e aumentamos a produtividade”.

wax-castingO material VisiJet M3 Prowax utilizado pela Linha Projet MJP produz peças de alta definição com detalhes finos e superfícies com acabamento liso. O material de suporte é fácil de remover no pós processamento e preserva os detalhes finos e delicados.

“Nós não precisamos gastar tempo criando estruturas de suporte para o anel impresso em 3D”, diz Roy. “Nós não perdemos produtividade devido uma peça impressa erradamente devido a uma área com suporte ruim, nem tampouco perdemos tempo consertando superfícies”.

O grande volume de construção (298 x 185 x 203 mm no modo de alta definição) e resolução ultra alta (694 x 750 x 1600 DPI; 16μ camadas) da impressora 3D complementa perfeitamente o modelo de negócio da Vowsmith.

“A Projet MJP 3500 CPX Max (agora disponível como a ProJet MJP 3600W Max) possui um enorme volume de construção, entrega impressões de resolução extremamente alta em toda a área de impressão, pode imprimir a velocidades que nenhuma outra impressora equivalente pode competir”, diz Roy. “Nós competimos com produção em massa onde cada segundo conta, logo dependemos da Projet para entregar modelos com detalhes extremamente altos, consistência e uma produção incomparável”.

Ajuste e dimensionamento do processo

No momento a Vowsmith leva aproximadamente uma semana para finalizar um pedido, porém Roy acredita que ele pode diminuir o tempo consideravelmente.

“É possível com a tecnologia de hoje receber um pedido pela manhã, colocá-lo na impressora à tarde, fundir no dia seguinte e entregar no dia subsequente – 72 horas do pedido à entrega. Eu poderia levar isso ainda mais longe, poderia instalar impressoras por todo o globo e enviar o pedido a partir do nosso servidor. Nós poderíamos então resolver o problema de envio internacional de um produto de alto valor”.

Roy possui ambiciosas metas de produção em volume. Ele espera que a Vowsmith venda entre 4000 e 5000 anéis durante o próximo ano. Mas a empresa já é capaz de produzir 35 a 40 anéis por impressão e completar de três a quatro lotes por dia que possibilitaria uma capacidade anual de 50.000 anéis.

Parte do trabalho ainda é feito a mão que poderia ser automatizado

“Eventualmente nós poderíamos imprimir a árvore de fundição inteira, integrar uma máquina de acabamento em massa e ainda uma máquina CNC de instalação de pedras e diamantes. E uma tecnologia promissora no futuro é a Direct Metal Printing (DMP) -Impressão Direta em Metal – nós fizemos alguns protótipos com DMP e conseguimos bons resultados”.

Possibilidades Infinitas

Roy acredita que suas metodologias baseadas em impressão 3D poderiam ser transferidas para outros produtos produzidos em quantidades razoavelmente grandes.

“Nós poderíamos receber qualquer modelo 3D com qualquer nível de possibilidades de personalização e poder controlar a produção sem erros” ele diz. “nossa infraestrutura pode continuar a crescer em valor, sem a necessidade de aumentar o custo de inventário físico. Nós juntamos uma etapa de coleta e entrada de dados infinita com uma capacidade de produção infinita”.

“A ‘Geração Millennials’ está cansada de ser servida com a mesma sopa todos os dias. Eles querem um produto próprio que reflita sua própria personalidade. Essa geração está formando o futuro do varejo”.

Se a Liberdade de poder adquirir um produto personalizado criado em alguns dias não é excitante o vowsmith_finished-rings-silver-gold_500x500pxsuficiente, Roy diz que a customização em massa utilizando impressão 3D pode ainda ter um efeito positivo no meio ambiente.

“E um modelo de negócios em que nenhum inventário é produzido, movido e armazenado antes do consumo. Essa poderia ser uma solução valiosa aos efeitos dramáticos que as duas primeiras revoluções industriais tiveram sobre o planeta”?

 

finished-rings

 

Fonte original:

http://www.3dsystems.com/learning-center/case-studies/3d-printing-helps-jewelry-start-ride-mass-customization-wave

 

@3beImpressão 3D ajuda start-up produzir joias altamente personalizadas